1. Homepage
  2. Tax & Accounting
  3. ONESOURCE
  4. Blog Tributário
  5. Inovação tributária: 4 formas de se destacar na retomada da economia

November 20, 2020

Inovação tributária: 4 formas de se destacar na retomada da economia

Diante da retomada da economia, um dos desafios do setor fiscal das empresas é pensar em como otimizar a gestão dos processos. A inovação tributária é o caminho para melhorar o desempenho do departamento e da empresa. Saiba como no artigo!

Para os profissionais que atuam nas áreas estratégicas das empresas, 2020 tem sido um ano extremamente desafiador. Isso porque é preciso gerenciar uma série de processos e tomar várias decisões em um contexto totalmente novo e ainda mais dinâmico.

Enquanto o mundo busca sobreviver à pandemia da COVID-19 e aos impactos gerados, as organizações precisam gerenciar o fluxo de caixa da melhor maneira possível, mantendo a rentabilidade do negócio.

Nesse momento de reabertura gradual do mercado, é fundamental que as empresas invistam em um planejamento orçamentário. O desenho de estratégias para resgate de tributos, por exemplo, pode contribuir com a saúde financeira dos negócios.

Além disso, a inovação tributária também é uma abordagem importante que promete fortalecer o setor contábil e, principalmente, a companhia. 

Quer saber como inovar na área tributária e superar a crise causada pela pandemia? Continue lendo o artigo!

Afinal, por que promover a inovação tributária?

Desde que a crise gerada pela pandemia se instalou, os governos vêm buscando alternativas para mitigar os impactos e sustentar suas economias. 

Nos Estados Unidos, um pacote financeiro de suporte de US$ 2 trilhões foi aprovado. 

Já no Reino Unido, as empresas que permanecem impulsionando a inovação e o desenvolvimento durante a crise têm acesso a um fundo governamental de £ 1,25 bilhão.

No Brasil, o governo federal já destinou cerca R$ 1,27 trilhões, distribuídos em diferentes frentes: créditos para as empresas, benefícios para cidadãos vulneráveis, aquisição e envio de recursos para combate à pandemia, e recursos para estados e municípios.

Diante de intervenções (e gastos) tão expressivas, certamente, em algum momento, os países devem lançar mudanças significativas nas políticas fiscais. 

No Brasil, temos três propostas de reforma tributária em análise e o desafio da retomada da economia. 

Neste contexto, as empresas que priorizam a inovação tributária como boa prática já estão um passo à frente da concorrência, fortalecendo seu negócio. Afinal, é preciso se reinventar para sobreviver.

Inovação tributária: 4 boas práticas essenciais

Esse é o momento certo para correr atrás do prejuízo causado pelas medidas sanitárias de distanciamento social. Para conduzir a retomada das atividades da melhor maneira possível, obtendo bons resultados, organizar a gestão contábil e fiscal é indispensável. 

A seguir, apresentamos quatro dicas que mostram como a inovação tributária pode impulsionar o ritmo de crescimento da companhia. 

Priorize o planejamento tributário 

Especialmente em momentos de crise, o planejamento tributário é parte fundamental da estratégia da empresa. Isso porque ele pode guardar oportunidades. Com a revisão de tributos pagos anteriormente, por exemplo, a empresa pode buscar a restituição de valores. 

De outro modo, o planejamento tributário também pode impulsionar o crescimento da empresa. Isto é, com a redução dos custos tributários, a companhia tem condições de definir um preço mais competitivo, que garante espaço no mercado. 

Invista na automação de processos

Para conduzir a inovação tributária, a tecnologia é uma das aliadas do departamento fiscal. Com a automação dos processos e o redesenho do fluxo de atividades e entregas, de acordo com a estrutura do sistema, o time ganha rapidez e consistência nas entregas. Com isso, os profissionais passam a ter tempo e energia para se dedicar às tarefas mais estratégicas.

Além de aumentar a produtividade da equipe, a automação também gera redução de custos e o aprimoramento contínuo do processos. Tudo isso impacta, é claro, na qualidade das entregas e viabiliza o alcance de resultados mais positivos.

Explore a computação em nuvem

Para inovar na gestão tributária, a computação em nuvem é uma das tecnologias que devem ser adotadas. A ferramenta facilita o armazenamento de arquivos em um ambiente digital, disponível a qualquer hora e de qualquer lugar com acesso à internet. 

Com um sistema contábil disponível na nuvem, os colaboradores dos diferentes departamentos têm acesso simultâneo a todos os arquivos. Assim, os processos se tornam mais rápidos e transparentes, facilitando o controle de compliance

Realize auditorias e mantenha um programa de compliance

Por fim, essa é uma boa prática bastante conhecida, mas vale ressaltar sua importância para a inovação tributária.

Isso porque sempre que a empresa faz ajustes no seu planejamento tributário e reenquadramento de regime, as auditorias e o programa de compliance ganham especial relevância. 

Esses mecanismos ajudam a evitar possíveis irregularidades, multas aplicadas pelos órgãos de fiscalização e até outras sanções, como, por exemplo, a penhora de ativos, inclusive da conta bancária.

Quer saber mais sobre outros temas relevantes para inovar, preparando-se, inclusive, para a reforma tributária? Continue acompanhando o blog!