1. Homepage
  2. Tax & Accounting
  3. ONESOURCE
  4. Blog Tributário
  5. Como vencer a burocracia de um dos sistemas tributários mais complexos do mundo?

blogpost

Como vencer a burocracia de um dos sistemas tributários mais complexos do mundo?

A gestão tributária brasileira é uma das mais complexas do mundo. Então, como otimizar esses processos? Saiba no artigo!

A complexidade da gestão tributária no Brasil não é novidade. Quem trabalha no setor conhece de perto as dificuldades e desafios do gerenciamento de impostos, um processo exigente e altamente burocrático.

Tanto é verdade que as pesquisas confirmam essa realidade em números. Segundo o relatório do Doing Business, elaborado pelo Banco Mundial, o Brasil é o país em que as empresas gastam o maior número de horas no mundo com gestão de impostos.

No ranking de horas anuais dedicadas à burocracia dos tributos, o país é o lanterna entre 190 nações analisadas pelo relatório Doing Business. De acordo com o estudo, as empresas brasileiras gastam, em média, 62,5 dias, o equivalente a 1.501 horas por ano, cuidando de obrigações relacionadas à gestão tributária. O número é cinco vezes maior do que a média de tempo registrada pelas empresas dos países da América Latina e Caribe.

Na prática, a pesquisa evidencia a realidade que os profissionais do setor fiscal e as empresas conhecem bem: a gestão tributária é complexa e pode, inclusive, frear o crescimento dos negócios.

Neste artigo, apresentamos os desafios das empresas no gerenciamento de tributos e mostramos como a tecnologia pode ser uma aliada.

Gestão tributária: principais dificuldades do setor

Cada vez mais, fica claro o quando a reforma tributária é urgente para a desburocratização da gestão de impostos no Brasil. Contudo, enquanto o projeto não avança no Congresso, as empresas permanecem dedicando muitos esforços e recursos para a gestão fiscal.

Por exemplo, numa empresa com faturamento médio de R$ 7,1 bilhões ao ano, o tempo dedicado à gestão tributária chega perto da marca de 34 mil horas, segundo estudo da consultoria Deloitte.

Na prática, esse tempo representa um custo alto que compromete a produtividade, mina a competitividade e afasta os investimentos estrangeiros.

A seguir, conheça três dos principais desafios das empresas brasileiras na gestão tributária:

1.  Alta quantidade de colaboradores para executar as tarefas operacionais

As empresas de médio porte são ainda mais impactadas pela burocracia e complexidade da gestão tributária. Mesmo sem ter a estrutura das grandes companhias, em termos de equipe, software e equipamentos, elas precisam acionar muitos recursos para cumprir com as demandas da gestão de impostos.

Em alguns casos, as empresas mantêm times tributários maiores que os times de vendas e de marketing. Tão difícil quanto destinar tantos recursos para a gestão de impostos é saber que muitos profissionais com perfil estratégico acabam se dedicando às tarefas operacionais, para dar conta das exigências da legislação tributária.

2.   Pouca produtividade e agilidade

Com tantas obrigações fiscais para entregar, os profissionais passam a maior parte do tempo envolvidos com essas demandas. Com isso, a produtividade fica muito abaixo do ideal. Além disso, os processos de gestão de impostos são morosos, comprometendo a agilidade do setor.

3.   Excesso de burocracia

Além de afetar a produtividade e a competitividade, afastando os investimentos estrangeiros, a burocracia do sistema tributário brasileiro contribui para a desindustrialização.

É bastante comum ver empresas que optam por frear seu crescimento por conta da complexidade e do alto custo tributário.

A gestão de alguns impostos, como o ICMS, é tão complexa que as pequenas empresas preferem não lançar novos produtos para não pagar mais tributos.

Infelizmente, o excesso freia o crescimento.

Tecnologia na gestão tributária: ONESOURCE Tax One

Com a aprovação de uma reforma tributária, o tempo gasto pelas empresas com a gestão de impostos pode cair em 68%, segundo aponta estudo da Endeavor.

Enquanto isso não acontece, a tecnologia tributária da Thomson Reuters é a solução perfeita para otimizar e automatizar os processos do setor. Dessa maneira, é possível redirecionar os esforços do time fiscal para tarefas mais estratégicas, como o planejamento tributário, que pode contribuir para o crescimento da empresa.

Ficou curioso e quer saber como o ONESOURCE Tax One pode descomplicar a gestão tributária na sua empresa? Conheça nossa solução!