A transformação da Função Fiscal: Tax Data Quality e Tax Data Analytics

A função fiscal chega a um nível de maturidade ideal quando a gestão de riscos tributários é eficiente e faz parte da cultura organizacional no mesmo nível dos demais temas estratégicos, criando uma gestão transparente e integrada baseada em dados avançados.

Para chegar nessa maturidade, a empresa precisa de uma boa automatização de processos para diminuição de erros e aumento da produtividade de dados de qualidade e saber o que fazer com esses dados. Apesar de algumas vezes ser considerada antiquada, a área tributária dispõe cada vez mais de ferramentas tecnológicas para otimizar seu dia-a-dia e ocupar funções menos analíticas.

É possível alcançar esta maturidade por meio da melhoria contínua das informações fiscais e a transformação de dados fiscais em oportunidades, veja a seguir como cada uma pode ajudar sua empresa:

Tax Data Quality

A análise eletrônica periódica de arquivos SPED e outras obrigações oferecem uma visão clara da situação do compliance fiscal-tributário de sua empresa, uma vez que todos os dados estão de acordo com a legislação, não é necessário preocupar-se com eles novamente. Uma forma de analisar estes dados é por meio de cruzamentos eletrônicos, o que permite projetar valores de contingências para as inconsistências identificadas.

Uma vez que as inconsistências foram identificadas, é importante definir a gravidade de cada uma e a prioridade de resolução, criando assim uma base de melhoria contínua que pode servir como plano de contingência para novas inconsistências identificadas, evitando a exposição ao risco.

Tax Data Analytics

Os dados enviados ao SPED e outras informações tributárias decorrentes das etapas de envio estão disponíveis e permitem realizar análises e tomadas de decisão estratégicas com grande potencial de benefícios tributários para sua empresa. Ao aplicar tecnologias para e inteligência para tabulação dos dados enviados é possível criar um formato de análise e comparação destas informações, que podem resultar em insights de melhoria e inovação para a área.

Ao investir em Data Analytics as empresas conseguem:

 

• Acompanhar indicadores de saúde tributária (KPIs)

• Avaliar gestão contábil/fiscal e eficácia dos processos

• Mapear riscos e oportunidades tributárias

• Mitigar riscos fiscais

• Obter insights de negócio

 

A análise dos dados tributários de sua empresa permite mais do que o compliance fiscal, ao atingir a maturidade da função fiscal e investir em tecnologia, novas possibilidades surgem para as empresas explorarem e transformarem em benefícios. 

 

Fonte: Manuel Marinho – Sócio de Tax na PwC em sua apresentação no SYNERGY 2017.