1. Homepage
  2. Tax & Accounting
  3. Comercio Exterior
  4. Blog Comércio Exterior
  5. Relatório sobre a Cadeia de Suprimentos Automotiva: Enfrentando um mercado imprevisível

April 27, 2020

Relatório sobre a Cadeia de Suprimentos Automotiva: Enfrentando um mercado imprevisível 

Para responder a essas e outras questões relacionadas, a Thomson Reuters e o Automotive Industry Action Group (AIAG) estabeleceram uma parceria recentemente para produzir dois relatórios sobre o futuro da cadeia de suprimentos automotiva nos próximos cinco a sete anos - um focado na região da Ásia/Pacífico e outro na região das Américas/Europa. Veja um resumo em nosso artigo! 

Como será o setor automotivo do futuro e como ele gerenciará sua cadeia de suprimentos em constante evolução em um ambiente de mudanças imprevisíveis? 

Para responder a essas e outras questões relacionadas, a Thomson Reuters e o Automotive Industry Action Group (AIAG) estabeleceram uma parceria recentemente para produzir dois relatórios sobre o futuro da cadeia de suprimentos automotiva nos próximos cinco a sete anos - um focado na região da Ásia/Pacífico e outro na região das Américas/Europa. 

E agora, para fornecer uma análise mais abrangente dos problemas enfrentados pela cadeia de suprimentos automotiva global, a Thomson Reuters/AIAG desenvolveu um terceiro relatório comparando e contrastando os resultados dos dois primeiros relatórios. 

Este terceiro relatório - Parte 3 de 3: Dois Relatórios, Uma Conclusão - Enfrentando Mudanças Rápidas em Tempos de Incerteza - oferece uma análise detalhada das megatendências globais que afetam o desenvolvimento, a produção e as vendas automotivas em todo o mundo. As tendências contempladas incluem tensões comerciais internacionais, mudanças regulatórias, considerações ambientais, veículos elétricos e autônomos, segurança cibernética, questões trabalhistas, fornecimento de materiais e muito mais. O novo relatório também fornece aos interessados pelo setor uma prévia do que esperar nos próximos cinco a sete anos, com o desenvolvimento dessas tendências e o mercado automotivo do futuro se consolida. 

O Predicamento da Imprevisibilidade

Embora os dois primeiros relatórios tenham sido baseados no feedback de profissionais que trabalham em regiões totalmente diferentes do mundo, uma comparação dos resultados revela várias sugestões importantes, sendo que a mais importante é que, independentemente de onde os veículos automotores estejam sendo produzidos, os fabricantes de todo o mundo estão enfrentando vários dos mesmos desafios básicos.

Cadeias de suprimentos eficazes exigem estabilidade e previsibilidade, bem como os meios para antecipar possíveis interrupções e planejar adequadamente, a fim de minimizar melhor os riscos. Infelizmente para aqueles que gerenciam cadeias de suprimentos automotivas, uma confluência de diferentes fatores está criando um ambiente cada vez mais instável e imprevisível para a operação - um que provavelmente será caracterizado por períodos de relativa calma interrompidos por momentos extremos de volatilidade e ruptura.

Por exemplo, é praticamente impossível evitar questões regulatórias e de tarifas comerciais que têm impacto direto na entrega no prazo de peças automotivas, independentemente da região do mundo onde os veículos são fabricados. Tensões comerciais entre os EUA e a China; o acordo comercial renegociado entre EUA-México-Canadá; Brexit; Acordo Abrangente de Parceria Econômica da Ásia - todas essas disputas comerciais envolvem várias condições e restrições na fabricação e distribuição de peças automotivas, bem como onde e como os veículos são montados.

Fabricantes ao redor do mundo também estão competindo com os desafios logísticos e de mercado envolvidos na eliminação progressiva dos motores de combustão interna, ao mesmo tempo em que aumentam a capacidade de veículos elétricos (VEs) e investem na tecnologia de veículos autônomos (VAs). Visto que a adoção em massa de VEs e VAs não ocorrerá em um futuro próximo, manter a lucratividade será um ato de equilíbrio delicado para a maioria das montadoras nos próximos anos. 

A demanda por recursos de entretenimento, navegação e segurança cada vez mais sofisticados também está introduzindo novos players na cadeia de suprimentos automotiva - e, como resultado, a segurança cibernética se tornou uma preocupação imprescindível. Além disso, para garantir um fornecimento consistente de materiais e componentes para baterias dos VEs, as montadoras agora estão competindo com os fabricantes de eletrônicos de consumo - laptops, smartphones, tablets etc. - por matérias-primas como cobalto, níquel, manganês e lítio.

Mudança de Atitudes 

Um fator inerente a todas essas tendências é a mudança de atitudes das gerações mais jovens em relação à propriedade de veículos automotores, à medida que os serviços de compartilhamento de viagens proliferam, outras opções de transporte se materializam e as preocupações com o meio ambiente influenciam a tomada de decisões. Mudanças na força de trabalho também afetam o setor, à medida que os trabalhadores mais jovens evitam o trabalho no setor de manufatura, os mais velhos se aposentam e a demanda por pessoal mais tecnicamente qualificado continua a aumentar.

Em conjunto, essas questões compartilhadas destacam o fato que o setor automotivo como um todo está no meio de uma transição turbulenta de sua herança da era industrial para um novo futuro, com maior foco tecnológico, cujo perfil só agora está tomando forma. E enquanto os profissionais da cadeia de suprimentos em todo o mundo têm diferentes níveis de preocupação quanto aos desafios futuros, é evidente nesses relatórios que todos estão dedicados ao desenvolvimento e manutenção de uma cadeia de suprimentos competitiva, ágil e baseada em valor, capaz de se sustentar durante o século XXI.

Dada a variedade e complexidade de fatores que afetam as cadeias de suprimentos automotivas, vários cenários podem ocorrer em diferentes partes do mundo. A única certeza é que a vantagem competitiva irá para aqueles que podem antecipar as rupturas, planejar de acordo com as mesmas e mitigar com sucesso os fatores de risco envolvidos - enquanto atendem à demanda do consumidor por veículos melhores, mais seguros e com maior eficiência energética de todos os tipos.

 

Clique aqui para baixar o relatório completo, Parte 3 de 3: Dois Relatórios, Uma Conclusão - Enfrentando Mudanças Rápidas em Tempos de Incerteza . (Em Inglês)