1. Homepage
  2. Soluções jurídicas
  3. Blog Jurídico
  4. Como a tecnologia habilitada para IA pode aliviar a dor de cabeça da revisão do contrato

blogpost

Escritórios de advocacia: tecnologia otimiza revisão de contratos

No escritório de advocacia, alguns serviços são recorrentes, porém exigem muita atenção e tempo dos profissionais. A revisão de contratos é uma dessas tarefas que requerem muito foco, atenção e uma combinação única da experiência na gestão jurídica com a capacidade de interpretar a legislação com assertividade. 

Mesmo com competência para tal atividade, o fato é que revisar muitos contratos, geralmente semelhantes, como parte de uma grande transação pode ser exaustivo. 

Na prática, parágrafos escritos de maneira diferentes podem significar a mesma coisa. Contudo, trechos apresentados de forma semelhante com alteração de uma única palavra podem mudar totalmente o significado da ideia. Ou seja, revisar os contratos e manter tudo em ordem na gestão jurídica é um desafio.

Neste artigo, vamos mostrar porque essa atividade é importante e como a utilização de uma ferramenta tecnológica como o HighQ pode ajudar. 

Por que a revisão de contrato é importante no escritório de advocacia?

Para os advogados, é importante ter em mente que a revisão do contrato não é o objetivo final. Na verdade, o que os seus clientes querem é que você interprete e explique o que esses contratos significam para eles. 

Em outras palavras, eles esperam que você seja capaz de traduzir a linguagem jurídica para a linguagem comercial, auxiliando, inclusive, na avaliação dos riscos do negócio objeto do contrato. 

Na verdade, esse tipo de interpretação é exatamente o motivo pelo qual o mundo precisa de advogados com um olhar técnico e uma experiência humana. Ainda assim, o aprendizado de máquina (machine learning) e a inteligência artificial (IA) já são bem-vindos na gestão jurídica. Isso porque eles podem ajudar a automatizar algumas das partes tediosas do processo.

O que é HighQ?

Pensando em otimizar e descomplicar a rotina dos escritórios de advocacia, a Thomson Reuters desenvolveu o HighQ, uma plataforma segura e intuitiva que viabiliza o trabalho colaborativo, para potencializar a sua produtividade e inovação. 

De modo inteiramente intuitivo e flexível, a solução permite que alguém com pouca experiência em tecnologia consiga adaptar a plataforma para o seu propósito em poucos cliques. 

Assim, a ferramenta proporciona ganho de eficiência operacional para os escritórios de advocacia!

Afinal, como funciona o HighQ?

São várias as funcionalidades da ferramenta HighQ. Completa, flexível e com muitos recursos, ela permite, por exemplo, identificar o tipo de contrato, indicando se ele regula uma transação de venda ou arrendamento. 

De outro modo, a ferramenta também pode extrair e padronizar dados básicos sobre o contrato, como partes, datas, lei aplicável e muito mais. 

Depois que a ferramenta extrai esses dados, ela pode usá-los de várias maneiras úteis. As equipes dos escritórios de advocacia podem, por exemplo, fazer análises ou visualizar dados para um grande grupo de contratos. Ou eles podem ver as cláusulas lado a lado para comparação. Com o HighQ, isso é simples.

Além disso, os dados extraídos dos contratos também podem acionar fluxos de trabalho. Você pode encaminhar um determinado contrato a um especialista para análise adicional. Assim, quando a ferramenta identifica um contrato de aluguel de propriedade, por exemplo,ela pode encaminhá-lo automaticamente para sua equipe imobiliária.

HighQ: principais benefícios para os escritórios jurídicos

Um software de revisão de contratos como o HighQ é perfeito para triagem e extração de fatos de contratos legais em grande volume. 

Ao usar este tipo de ferramenta, os escritórios de advocacia aliviam o fardo de manter o controle de informações semelhantes em documentos. Ou seja, a tecnologia assume a tarefa de trabalho administrativo de revisão de contrato, enquanto os profissionais podem se debruçar sobre questões mais estratégicas da gestão jurídica. 

Mas, como discutimos, o valor real que os advogados oferecem a seus clientes é a interpretação e análise humanas que transformam a linguagem jurídica em uma visão comercial valiosa. 

Se o aprendizado de máquina puder assumir mais desse trabalho “administrativo”, ele libera os advogados para se concentrarem no valioso trabalho humano com o qual os clientes se preocupam. Isso pode significar análises mais rápidas ou maior volume possível, mas certamente significará clientes mais felizes.

Além disso, o início da utilização do  HighQ é uma questão de dias, e não semanas ou meses. Afinal, o sistema está pronto e disponível na nuvem: é só configurar e começar a explorar os recursos da plataforma.

Na prática, essas vantagens representam uma economia de tempo e de dinheiro e, claro, um ganho de produtividade e qualidade no atendimento ao cliente. Afinal, enquanto o HighQ faz o trabalho operacional na gestão jurídica, identificando e organizando os fatos básicos de seus contratos, você e o seu time têm tempo e energia de sobra para fornecer uma visão humana e estratégia aos seus clientes.

Em síntese, o HighQ é uma plataforma que garante maior agilidade na revisão de documentos a partir de uma metodologia colaborativa, que conta com a participação e a aprovação dos clientes.

Gostou do artigo e quer saber mais sobre outras ferramentas de gestão jurídica? Conheça o conceito de Colaboração Jurídica e saiba como ele pode ajudar os escritórios de advocacia.