1. Homepage
  2. Soluções jurídicas
  3. Blog Jurídico
  4. O cenário econômico pós-COVID nos escritórios jurídicos: Liderando por meio da mudança

October 5, 2020

O cenário econômico pós-COVID nos escritórios jurídicos: Liderando por meio da mudança

A transformação digital avançou quase 10 anos em poucos meses por causa da pandemia. Quais serão os efeitos do COVID-19 na economia e nos escritórios de advocacia? Leia o post para descobrir o que foi falado sobre estes temas no SYNERGY 2020.

A edição 2020 do SYNERGY foi diferente. Adaptada a um novo formato, on-line e gratuito, o evento para as áreas jurídica, tributária e de comércio exterior da Thomson Reuters teve qualidade ímpar. 

transformação digital nos escritórios de advocacia foi tema recorrente, como também o cenário econômico após a COVID-19. Saiba mais sobre esses assuntos ao ler o post!

A realidade pós pandemia    

Palestrante principal do primeiro dia do evento, realizado em 23 de setembro, o economista Ricardo Amorim se dedicou a abordar um tema que é dúvida para advogados e escritórios de advocacia do mundo todo: o que vai acontecer com a economia depois da COVID-19?

Amorim começou falando que os meses de março e abril registraram a maior queda econômica na história da humanidade, que pegou a todos de surpresa. O Brasil, como todos os outros países, foi afetado, porém a situação começou a ser revertida a partir de maio, principalmente pela injeção de dinheiro trazida pelo Auxílio Emergencial. 

Porém não é possível dizer que os índices serão sustentados quando a ajuda acabar. A queda nos índices não será igual à de março, porém mesmo assim significativa. 

A insegurança, infelizmente, ainda impera - e é justamente esse medo de consumir, produzir e empregar que dificulta a retomada da economia. Para o economista a saída para o governo melhorar o cenário econômico é avançar com as reformas administrativas, como também às privatizações. “Se o Brasil avançar bem nestes dois pontos, a gente tem todas as condições de ter uma recuperação econômica forte”, explica Ricardo Amorim.

Outro ponto levantado por ele para movimentar a economia são as baixas taxas de juros (as menores da história), como também a amplificação do acesso ao crédito. “Mas todo este processo permanece paralisado enquanto uma vacina não for criada e o número de mortes em decorrência da doença continuarem altos”, pontua. 

Os efeitos da pandemia na ótica de advogados de escritórios renomados

Outra importante palestra realizada, dessa vez no dia 24, teve como tema “Liderando Através da Mudança: Orientações e Boas Práticas de Escritórios Renomados”. O Dr. José Mauro, do escritório Pinheiro Neto, abriu o painel contando que vivemos um momento excepcional e com muitas novidades, algumas positivas e outras negativas, com uma das maiores sendo a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). 

O Dr. Gustavo Biagioli, do Demarest, comentou que a pandemia acelerou os avanços tecnológicos em 10 anos e que preocupações que estavam na pauta dos CIOs apenas para daqui alguns anos foram antecipadas pela necessidade. Inclusive a LGPD, que foi adotada pelo mercado corporativo quando não era mais possível postergar.

E os escritórios de advocacia, logicamente, também foram impactados pela nova lei “trabalhamos com os mesmos desafios tanto de adequação e proteção de dados como um todo quanto à absorção dessas novas tecnologias”, explica Biagioli. 

Já o Dr. Victor Fonseca, do TozziniFreire, disse que a sua banca aproveitou a época para fazer diferente, olhar para o mercado e buscar o não óbvio. “O setor aéreo foi impactado de uma maneira diferente que o de delivery, por exemplo. Como o escritório teve que estar preparado para esses e outros infinitos cenários?”, questionou. Sem a pandemia, segundo ele, não teria sido possível ter a oportunidade de se aproximar de novos clientes, entender o funcionamento desses negócios.  

Neste momento Pepe Domingues, vice presidente do segmento jurídico para a América Latina da Thomson Reuters, perguntou para o Dr. Tito Andrade, do Machado Meyer, quais foram as mudanças que ele viu tanto no cliente quanto escritório.

Sua resposta foi que essa crise sem precedentes vai exigir que os escritórios tenham na palavra inovação não só um desejo, mas algo pragmático, que tem que ser exercido e exercitado no dia a dia. 

“Quando se fala de inovação não é só a compra de tecnologia específica, mas a inovação no sentido mais amplo da palavra, como, por exemplo, criar um mindset dentro do escritório para que todos se sintam à vontade e estimulados para inovar sempre”, conta Andrade.

O Dr. Gustavo Biagioli completou a ideia dizendo que a grande transformação é a visão da advocacia como negócio, como gestão. “O cliente não procura mais apenas o conhecimento técnico e jurídico, quer encontrar a transparência como um diferencial, como o escritório de advocacia pode agregar para o negócio dele. É ir além de uma prestação fria de serviços técnicos e jurídicos”, finaliza.   

Software jurídico é fundamental na transformação digital

Como os próprios especialistas disseram, muito mudou após o início da pandemia. E ainda vai se transformar no futuro. Ser um escritório de advocacia que acompanhará todas essas modificações dependerá muito da transformação digital adotada.

Ao automatizar processos e operações do Direito o time envolvido será capaz de ter mais tempo para se dedicar a conhecer o negócio do cliente, tendo uma atuação também preventiva que ajudará a tomar decisões mais estratégicas e mitigar riscos.  

E somente um software inteligente como o Legal One da Thomson Reuters é capaz de disponibilizar todas essas qualidades. A ferramenta permite responder a demandas de diversos setores, tanto em escritórios de advocacia como em departamentos jurídicos. 

Não importa o tamanho da estrutura: enxuta, em crescimento ou grandes organizações como as que participaram do painel, o Legal One usa a expertise de soluções consagradas no mercado. O software jurídico une tecnologia inteligente, evolução rápida e conteúdo jurídico de excelência em um único programa, com a credibilidade do selo editorial Revista dos Tribunais.

Conheça o Legal One, software jurídico que vai revolucionar a gestão do seu escritório de advocacia. 

> PARA QUEM PRECISA DE INOVAÇÃO NA GESTÃO JURÍDICA | LEGAL ONE 
A Revolução digital no gerenciamento e inteligência estratégica para escritórios de advocacia e departamentos Jurídicos

> SAIBA TUDO SOBRE O TRABALHO EM NUVEM
Veja como escritórios mantém a produtividade, de qualquer lugar. Leia o ebook (https://www.thomsonreuters.com.br/pt/juridico/legal-one/biblioteca-de-conteudo-juridico/seguranca-e-eficiencia-com-legal-one.html

> SOBRE A THOMSON REUTERS  | LEGAL
Respaldamos os profissionais do Direito com respostas confiáveis para as suas decisões mais estratégicas, combinando inteligência, tecnologia e os melhores especialistas, oferecendo soluções digitais inovadoras para a gestão eficiente e gerando conteúdo relevante para as mais diversas áreas do mercado Jurídico.