1. Homepage
  2. Soluções jurídicas
  3. Blog Jurídico
  4. Direito Data Driven - Mapa de Riscos Jurídicos

blogpost

Direito Data Driven - Mapa de Riscos Jurídicos

Rui Caminha Barbosa
Advogado, empreendedor digital, graduado pela Universidade de São Paulo, mestrando pela FGV-SP, fundador e CEO da Juristec+, co-fundador e diretor do Villa - Visual Law Studio, professor de Visual Law, palestrante internacional, mais de 15 anos dedicados à inovação jurídica e pioneiro no desenvolvimento de tecnologias e soluções em jurimetria, ciência de dados jurídica, IA aplicada ao direito, analytics e Visual Law.

Você pode não conhecer o termo, mas com certeza vive em uma realidade Data Driven. Ser Data Driven significa que você gerencia seu negócio orientando-se por dados. E sim, o Direito também pode aderir a este método para tomar decisões assertivas.

Com isso, gostaria de perguntar: o seu escritório é uma organização orientada a dados? Você mapeia os riscos dos seus clientes através de indicadores gráficos? Qual o software de visual analytics que você utiliza para suas demonstrações de resultados? Qual o treinamento da sua equipe em ciência de dados jurídica? Se essas perguntas fizeram você pensar, então este artigo foi feito para você.

Em artigos anteriores, escrevi sobre Visual Law e publiquei algumas dicas para recém formados.

Agora, eu gostaria de compartilhar com vocês um caso prático de aplicação de “visual analytics” no Direito, mais especificamente, na gestão de processos de um escritório de advocacia. Tudo começou através do interesse de uma jovem advogada que buscou novas formas de gerir o seu contencioso e encantar os seus clientes. A advogada em questão é a Dra. Aglaupy Oliveira, Gestora Jurídica no escritório Corona e Bio Sociedade de Advogados. Faço questão de mencioná-los, porque entendo que bons exemplos devem ser compartilhados e seus méritos devem ser reconhecidos. A dor do escritório também pode ser a sua e, mais importante, a solução que eles encontraram também pode servir para você.

A Dra. Aglaupy, que inspirou o nosso caso prático, desde o ano passado procurava formas de inovar no Direito e então se deparou com a aplicação de ciência de dados na área jurídica. Chegou a fazer um curso, atendeu a seminários e fez a leitura de artigos e matérias sobre o tema. Ou seja, fez o dever de casa completo. Contudo, ainda assim faltava algo; faltava-lhe a experiência prática. Afinal, como e através de qual ferramenta ela poderia transformar esses conhecimentos em realidade? A partir de então, ela começou a acompanhar também a série de webinars da Thomson Reuters sobre o tema de jurimetria e visual law, começando pelo: Apresentando Resultados Jurídicos com Visual Law, e então conheceu a plataforma Legal One Analytics, o primeiro sistema de Business Intelligence desenvolvido exclusivamente para área jurídica.

O escritório começou a utilizar a ferramenta e em pouco tempo já estava montando os seus primeiros cases, sendo que o primeiro foi a aplicação de um template de “mapa de riscos processuais”. É sobre isso que vamos falar agora. Você já pensou em estruturar a carteira do seu cliente através de um dashboard que “conta uma história”, no caso, a história de como os processos das carteiras administrativa e judicial desse cliente estão divididos em termos de volumetria, distribuição geográfica, resultados por matéria, ticket médio, evolução da carteira, comparando gráfico a gráfico e possibilitando a inclusão de insights, conclusões e considerações finais? Tudo isso de forma personalizada, nas suas cores ou na identidade do seu cliente e, o melhor, já pronto para você apenas replicar na sua base de processos!?

Pois é... o escritório Corona e Bio pensou. Eles já sabiam que tinham que mudar a forma de apresentar os seus resultados, que já não fazia mais sentido mandar longos e-mails ou planilhas extensas que eram difíceis de serem interpretadas, mas tinham dificuldade de começar do “zero”, ou seja, de ter que criar um conjunto de indicadores que resolvessem a sua “dor”, de uma forma estruturada, com storytelling de dados e com o estilo de gráfico mais adequado para cada KPI. Essa tarefa pode até parecer simples para um cientista de dados, mas para um advogado pode representar uma árdua e quase impossível missão. Contudo, o que o escritório descobriu através do bom faro da Dra. Aglaupy por novidades e melhores soluções, é que já existia no mercado uma ferramenta que poderia auxiliá-los exatamente naquilo que precisavam.

Um dos principais diferenciais do Legal One Analytics é a aplicação de templates, que são dashboards ou relatórios gráficos pré-configurados, que se integram automaticamente às bases de dados jurídicas. Então, imagine diferentes verticais de gestão jurídica, como “Gestão do Contencioso”, “Contratos”, “Eficiência Jurídica”, “Gestão Financeira”, “Áreas e Negócios do escritório”; “Auditorias” e “Visual Law”. Agora, pense se você pudesse aplicar dashboards gráficos para essas áreas como os dashs de “contencioso trabalhista”, “apresentação de resultados do cliente A’, “cadastros e encerramentos de processos”, “fluxo de caixa do escritório”, “one page report cliente B”, “one page report diretoria”, “auditoria contencioso cível” etc.

Por fim, vislumbre a integração de seus relatórios de forma automática com esses dashboards pré-configurados e Voilá! Aí estão seus dashs atualizados diariamente e você ainda pode compartilhar, editar, incluir, excluir, auditar e muito mais. Sem contar que você também é livre para criar os seus próprios indicadores e dashboards, além de aprender uma nova habilidade, ciência de dados jurídica, que criará um diferencial na sua carreira e no seu escritório ou departamento jurídico. A Thomson Reuters é líder mundial na produção de conteúdos jurídicos qualificados e através do sistema Legal One Analytics disponibiliza uma biblioteca de conteúdo com artigos, guias práticos, cases de sucesso e vídeos que ajudam você na jornada de transformação de dados em resultados.   

Quer saber mais sobre o “Mapa de Riscos” utilizado pelo escritório Corona e Bio Advogados? Participe do nosso webinar “Direito Data Driven: Caso Prático - Mapa de Riscos Jurídico”, a ser realizado no dia 30 de junho, às 10h, onde a própria Dra. Aglaupy irá falar um pouco mais sobre o seu próprio caso de sucesso. E se você gostou deste material e se identifica com assunto, siga a Thomson Reuters nas redes sociais, onde estamos sempre lançando novos conteúdos gratuitos e realizando webinars. O próximo caso de sucesso pode ser o seu!

Soluções Jurídicas

Blog Jurídico

Encontre respostas de forma ágil sobre a realidade do Direito.