blogpost

Os efeitos do conflito na Ucrânia e Rússia nas cadeias de suprimento internacionais

A guerra entre Ucrânia e Rússia está afetando as cadeias de suprimentos internacionais. Leia em nosso artigo como o conflito tem impactado o mercado global.

O conflito em curso na Ucrânia está provocando um efeito cascata nas cadeias de suprimento internacionais. Empresas em todo o mundo estão lutando para obter os suprimentos e produtos de que precisam, pois as rotas de transporte foram interrompidas e as empresas tiveram que encontrar novas maneiras de transportar mercadorias. 

Isso levou ao aumento dos custos e prazos de entrega, causando problemas para as empresas em muitos países. A guerra também está tendo um efeito negativo na economia global.

Em artigo recente publicado em nosso blog, abordamos os impactos do conflito entre Ucrânia e Rússia na Europa em relação à gestão dos processos de comércio exterior, vale muito a pena dar uma olhada.

Neste artigo, vamos dar continuidade ao tema, nos aprofundando sobre os impactos da guerra em relação às cadeias de suprimento internacionais.

Como o conflito na Ucrânia afeta as cadeias de suprimento internacional

Além da dificuldade no transporte de mercadorias, a guerra dificultou às empresas a obter as matérias-primas necessárias para fabricar seus produtos. Isso levou a uma escassez de algumas mercadorias e, consequentemente, a um aumento em seus preços.

Outra maneira pela qual a guerra está afetando o comércio global é a dificuldade das empresas fazerem negócios umas com as outras, já que o conflito levou a uma deterioração das relações entre os governos da Ucrânia e da Rússia, e isso dificultou que as empresas desses países fizessem negócios entre si.

A guerra também levou a um aumento no preço do petróleo, já que a Ucrânia é um importante país de trânsito para o petróleo russo. Isso levou a preços mais altos para os consumidores em muitos países.

Além disso, a guerra deslocou milhões de pessoas e as deixou sem casas, causou danos generalizados à infraestrutura e dificultou a operação das empresas. Isso resultou em uma diminuição da atividade econômica e levou ao desemprego e à pobreza do povo ucraniano.

O impacto na cadeia de suprimentos globais: consequências do conflito para empresas e consumidores

A cadeia de suprimentos global é um sistema complexo que liga produtores, fornecedores e fabricantes em todo o mundo. É responsável pelo transporte de bens essenciais e produtos finais para consumidores em todo o planeta. Quando há problemas na cadeia de suprimentos, isso pode afetar gravemente as empresas e os consumidores.

Em resumo, podemos ver vários exemplos dos impactos da guerra entre a Ucrânia e Rússia no mercado global:

  • A Europa, que normalmente obtém quase 40% de seu gás da Rússia, é particularmente vulnerável. O preço do gás natural na Europa aumentou dez vezes desde o início de 2021.
  • A Ucrânia fornece mais de 90% do néon para os EUA, um gás componente dos lasers e usados ​​no processo de fabricação de chips.
  • A Rússia, por outro lado, fornece 35% do paládio aos EUA, um metal raro também usado para criar semicondutores.
  • Rússia e Ucrânia, quando combinadas, respondem por 29% do mercado mundial de trigo e milho. A interrupção desse mercado causará escassez e elevará os preços de produtos alimentícios à base de trigo e milho, como pão, massas e cereais, além da ração animal.
  • A Rússia também é um importante produtor de vários nutrientes essenciais em fertilizantes, como potássio e fosfato. Ao cortar a exportação desses minerais e produtos químicos, a Rússia provoca uma grande ruptura no mercado global de fertilizantes.

O conflito entre a Ucrânia e a Rússia está em andamento há vários anos, mas a situação aumentou dramaticamente em 2014, quando a Rússia anexou a Crimeia.

Este evento levou à condenação internacional e a uma série de sanções dos países ocidentais. Embora as consequências diretas do conflito tenham sido amplamente sentidas pelo povo da Ucrânia, o impacto também foi sentido por empresas e consumidores em todo o mundo.

Na prática, muitas empresas que fornecem materiais da Rússia tiveram que encontrar novos fornecedores, resultando em custos mais altos e interrupções em suas operações.

A guerra também levou a uma diminuição na demanda por produtos russos, já que os consumidores ficam cada vez mais hesitantes em comprar mercadorias de um país envolvido em um conflito tão sério.

Além disso, o conflito também levou a preços mais altos para algumas commodities, já que os produtores tiveram que buscar suprimentos alternativos.

Para os consumidores, o impacto mais notável provavelmente foi no preço dos alimentos. O confronto levou a preços mais altos para muitos produtos básicos, como trigo, milho, carne e laticínios, já que os produtores tiveram de buscar suprimentos alternativos.

À medida que o conflito continua, é provável que seu impacto nas empresas e nos consumidores continue a ser sentido em todo o mundo.

O que pode ser feito para mitigar os efeitos do conflito entre Ucrânia-Rússia na cadeia de suprimentos internacional

Como vimos, a disputa entre Ucrânia e Rússia teve um impacto significativo na economia global. A interrupção na cadeia de suprimentos foi sentida por empresas e consumidores em todo o mundo. Embora a extensão total dos danos ainda seja desconhecida, existem medidas que podem ser tomadas para mitigar os efeitos desse cenário de guerra.

Uma das coisas mais importantes que podem ser feitas é aumentar a comunicação e a cooperação entre as empresas. Ao compartilhar informações sobre interrupções na cadeia de suprimentos, as empresas podem trabalhar juntas para encontrar rotas alternativas para seus produtos.

Além disso, as empresas podem diversificar suas cadeias de suprimentos para que não dependam de uma única região ou país. Eles também podem desenvolver planos de contingência, caso as principais instalações sejam danificadas ou interrompidas.

Por fim, as empresas podem cooperar no desenvolvimento de novas tecnologias que ajudarão a reduzir o impacto de interrupções futuras.

Ao tomar essas medidas, as empresas podem ajudar a proteger suas operações dos riscos representados não somente pelo conflito ucraniano-russo, mas outros confrontos e divergências que possam ocorrer no futuro.

Trabalhando juntos, empresas e consumidores podem ajudar a minimizar o impacto do conflito e garantir que a economia global continue a crescer.

Quer saber mais sobre o assunto? Continue lendo o nosso blog e tenha acesso a vários artigos relacionados ao Comércio Exterior.