74% dos contadores acreditam que sua profissão mudará por completo nos próximos dez anos, impactada pelas novas tecnologias

Thomson Reuters apresenta pesquisa sobre as principais transformações que a classe contábil passará até o ano de 2028

A Thomson Reuters, multinacional de informação estratégica e soluções em tecnologia para os principais segmentos da economia, realizou um levantamento com contadores para saber a percepção deles em relação ao futuro da profissão. O resultado foi surpreendente: 74% dos contadores acreditam que sua profissão mudará por completo nos próximos dez anos, por conta dos frequentes avanços das tecnologias, somadas às constantes mudanças regulamentares que este setor tem sofrido mundialmente.

Feita com a participação de 300 profissionais ativos no mercado, o levantamento afirma que os principais impactos neste setor serão na tecnologia, automação e no conhecimento.

Quando questionados sobre as possíveis mudanças de tarefas nas empresas e departamentos contábeis, mais de 95% dos entrevistados afirmaram que suas atribuições provavelmente mudarão com as tecnologias. Esta afirmação, segundo a pesquisa, se justifica pelos recursos digitais que o mercado tem apresentado para estes profissionais, o que tem possibilitado aos contadores armazenar cada vez mais a sua base de trabalho e de documentos na nuvem, o que reduz o tempo para o acesso aos arquivos físicos.

Sobre a automação, 78% dos entrevistados preveem que sempre quando possível, durante a próxima década, as empresas de tecnologias desenvolverão soluções que automatizarão as tarefas consideradas críticas e de extrema atenção destes profissionais. Tarefas estas que, além de adaptar as suas soluções às constantes mudanças tributárias e legislativas que cada país tem de seguir, estas empresas especializadas auxiliarão ainda mais na rotina de trabalho dos contadores.

Já sobre o conhecimento, a pesquisa aponta que 89% dos especialistas consideram que a tecnologia digital em nuvem é uma das áreas mais críticas de entendimento. Essa afirmação sinaliza que, com o aumento da interação entre a contabilidade e a tecnologia, na próxima década, o contador terá de conhecer a fundo as funções das tecnologias digitais, para assim assumir as futuras novas funções, principalmente as voltadas ao gerenciamento de serviços na nuvem, que tende a se tornar uma parte relevante da atividade.

O levantamento conclui que o aumento do uso da tecnologia tende a tornar o dia a dia dos contadores mais eficiente, deixando que estes profissionais se dediquem a outras iniciativas de trabalho, o que possibilitará que estes contadores se tornem consultores e estejam mais próximos dos seus clientes.

Até 2028, o estudo prevê que as três principais tarefas que serão automatizadas, em ordem de importância serão a “Escrituração contábil”, a “Coleção de dados” e as “Declarações fiscais”.

 

Segue a classificação de importância das principais tarefas que serão automatizadas até o ano de 2028:

1º lugar - ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL

2º lugar - COLEÇÃO DE DADOS

3º lugar - SUBMISSÃO / ARQUIVAMENTO DE DECLARAÇÃO DE IMPOSTO

4º lugar - GERAÇÃO DE RELATÓRIO

5º lugar - PREP DE RETORNO DE IMPOSTO

6º lugar - RECORDES FINANCEIROS

7º lugar - COMUNICAÇÕES COM O CLIENTE

8º lugar - PLANOS DE NEGÓCIOS

9º lugar - AUDITORIA

 

 

Ciente do possível cenário apresentado nesta pesquisa, a Thomson Reuters Brasil anunciou durante o Synergy Professional 2018, encontro voltado aos contadores que aconteceu no final do mês de agosto, a solução Onvio, que engloba sete produtos voltados para empresas contábeis na nuvem, que, além das atualizações, tanto dos sistemas quanto das mudanças na legislação, permitirão que os usuários possam acessar esta plataforma através de um navegador ou dispositivo móvel, o que traz agilidade e praticidade para a atuação dos contadores.

Conheça na íntegra o estudo elaborado pela Thomson Reuters através do link.

 

Thomson Reuters

Resultado da aquisição do Reuters Group pela Thomson Corporation em 2008, a Thomson Reuters é a provedora líder mundial de soluções em tecnologia e informação estratégica para empresas e profissionais dos segmentos financeiro, de risco e compliance, jurídico, tributário, contábil e de comércio exterior. Com mais de 45 mil profissionais no mundo (2.200 no Brasil), a empresa utiliza sua expertise global para auxiliar seus clientes a transformarem dados em estratégia, possibilitando otimização na gestão de investimentos, mitigação de riscos e cumprimento de todas as obrigações legais e regulatórias.

Thomson Reuters é o provedor líder mundial de notícias e informação para mercados profissionais. Nossos clientes confiam em nossa companhia para ter acesso à inteligência, à tecnologia e à experiência que precisam para obter respostas confiáveis. A empresa opera em mais de 100 países há mais de 100 anos. As ações da Thomson Reuters estão listadas nas Bolsas de Valores de Toronto e de Nova York. Para mais informações, visite www.thomsonreuters.com.br

Contatos para a imprensa

Camila Soares

Head of Corporate Communications, Brazil
Thomson Reuters
+55 11 2159 0562
camila.soares@thomsonreuters.com

Felipe Carlos / Felipe Mazorca / Cíntia Ferraz

+55 11 4873-7600
thomson.reuters@idealhks.com

Matérias relacionadas

Taxologists são profissionais tributários que se destacam no uso da tecnologia para produzir resultados notáveis.

No futuro, praticamente todas as funções no mundo dos serviços financeiros serão deslocadas, desintermediadas e descentralizadas, disse Ron Quaranta, presidente da Wall Street Blockchain Alliance.

Soluções de software fiscal para micro e pequenas empresas e para escritórios de contabilidade de todos os portes