THOMSON REUTERS REVISTA DOS TRIBUNAIS

REVISTA DE PROCESSO

RePro

Revista Mensal

Coord: Teresa Arruda Alvim

Ano de lançamento: 1976

ISSN: 0100-1981

 

QUERO CONHECER

Sinopse

A Revista de Processo publicou sua 1ª edição em 1976, após o início da vigência do Código de Processo Civil. Em mais de 40 anos de história, a RePro já publicou cerca de 500 edições, sendo a referência nacional em conteúdo altamente qualificado para profissionais e acadêmicos do direito processual civil, penal e trabalhista. Como um diferencial estratégico para os operadores do Direito, a RePro proporciona as seguintes vantagens:

Depoimento de cliente

“A Revista de Processo (RePro) é o principal veículo de divulgação do direito processual no Brasil. Em suas páginas, encontramos mensalmente o melhor da doutrina brasileira e internacional (tanto de autores consagrados como de estudiosos das novas gerações de processualistas) sobre os mais variados temas, além da análise das decisões judiciais mais relevantes e da resenha de obras (nacionais e estrangeiras) de interesse para o estudioso do processo. Trata-se de publicação indispensável após o Novo Código de Processo Civil, promulgado em 2015 e que segue honrando os ideais de seus ilustres fundadores.”

Eduardo H. O. Yoshikawa, Dias e Pamplona Advogados.

Coordenação

Teresa Arruda Alvim 

Livre-docente, doutora e mestre em Direito pela PUC-SP. Professora nos cursos de graduação, especialização, mestrado e doutorado da mesma instituição. Professora Visitante na Universidade de Cambridge – Inglaterra (2008, 2011 e 2015). Professora Visitante na Universidade de Lisboa (2011). Diretora de Relações Internacionais do IBDP. Vice Presidente do Instituto Ibero-americano de Direito Processual. Executive Secretary General da International Association of Procedural Law. Membro Honorário da Associazione italiana fra gli studiosi del processo civile. Membro Honorário do Instituto Paranaense de Direito Processual. Membro do Instituto Panamericano de Derecho Procesal, do Instituto Português de Processo Civil, da Academia de Letras Jurídicas do Paraná e São Paulo, do IAPPR e do IASP, da AASP, do IBDFAM. Membro do Conselho.