O fundo de comércio é, portanto, um valor intangível, pertencente a todos os detentores de ações de uma empresa,majoritários ou não, o qual integra o valor global. Por sua difícil quantificação contábil – não pelo mercado –, raramente aparece na contabilidade, mas conforma o valor REAL DA EMPRESA.

Trecho do Artigo “Os Direitos dos Acionistas Minoritários Diante da Transferência de Agências de uma Instituição Financeira para Outra do Mesmo Controlador” , de Ives Gandra da Silva Martins (RDB, 70, out.-dez./2015).

 

Revista Trimestral | Armando Luiz Rovai, Ilene Patrícia de Noronha Najjarian, Maria Eugênia Reis Finkelstein | ISSN: 1518-2703

REVISTA DE DIREITO BANCÁRIO E DO MERCADO DE CAPITAIS

RDB

A Revista de Direito Bancário e do Mercado de Capitais, desde 1997 oferece ao leitor artigos que acompanham de modo dinâmico as alterações do direito, mantendo o enfoque mercadológico sem perder o rigor formal da teoria. A legislação bancária e financeira, assim como o mercado de capitais, aprimoramse diariamente. Dessa forma a Revista é uma fonte rica de informações.

 

 

ENTRE EM CONTATO

Armando Luiz Rovai

Doutor em Direito pela PUC-SP. Professor de Direito Comercial da PUC-SP e Professor de Direito Comercial da Faculdade de Direito MACKENZIE. Professor Convidado da GvLaw e do Insper (D. Societário), Palestrante em todo o Brasil e no exterior (Professor Convidado da Universidade de Valladolid - Espanha; Universidade do Porto; London University e Universidade de Santiago de Compostela;), sobre assuntos relativos ao Direito de Empresa. Foi Presidente da Junta Comercial do Estado de São Paulo - por 04 mandatos. Foi Presidente do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo. Foi Chefe de Gabinete da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, Superintendente da Casa do Empreendedor, escreve em alguns Jornais de grande circulação. Integrou a Comissão do 184º Concurso de Ingresso na Magistratura do Estado de São Paulo. Membro da Comissão Mercado de Capitais do Conselho Federal da OAB. Integra o Conselho Superior de Assuntos Jurídicos e Legislativos CONJUR, da FIESP/IRS. Advogado, Árbitro em arbitragens na Amcham - Câmara de Comércio Americana, na CCBC - Câmara de Comércio Brasil-Canadá e FIESP. SECRETÁRIO NACIONAL DO CONSUMIDOR - SENACON.

Maria Eugênia Finkelstein

Doutora em Direito Comercial pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Mestre em Direito Comercial pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Professora da Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Ex-Coordenadora do programa de educação continuada e especialização em Direito Societário da Fundação Getúlio Vargas. Professora convidada do Instituto de Empresa de Madrid, Espanha e da Universidad de Castilla La Mancha, Albacete, Espanha). Advogada em São Paulo.

Ilene Patrícia de Noronha

Doutora em Direito Comercial pela USP. Professora doutora das Faculdades Metropolitanas Unidas e professora de direito societário na GVlaw.