Advogado 2020: passo a passo para gerir uma equipe e tomar decisões

Entenda o essencial para ser indispensável no último ano da década.
A gestão diária de um escritório de advocacia requer muito mais do que apenas conhecimento de causa e uma estrutura organizada. É preciso considerar não apenas as novas tecnologias, mas também o desenvolvimento de competências comportamentais para criar uma equipe direcionada para os resultados, que trabalhe com inteligência, ética e eficiência. Conheça abaixo alguns pilares essenciais para o sucesso da sua equipe.

A importância das equipes multidisciplinares

Capacidades e experiências diferentes, unidas em uma equipe de trabalho, devem ser entendidas como uma opção estratégica para o seu escritório de advocacia. Uma equipe multidisciplinar fortalece processos e melhora processos de trabalho. Personalidades, perfis e know-hows diferentes podem levar o seu negócio mais longe, precisando apenas que estejam reunidas algumas características ou princípios.

A comunicação é um dos aspectos que marcam a diferença, criando contextos e pontos de vistas diferentes. Desta forma, é gerada mais colaboração, aumentando a contribuição a nível individual e a interação da sua equipe na execução de tarefas. E isso gera confiança e segurança nos momentos decisivos, quando é preciso tomar decisões seguras, quando é necessário entregar aos seus clientes respostas confiáveis.

Por outro lado, a multidisciplinaridade não implica apenas ter no seu escritório profissionais com formações distintas. Todas essas particularidades precisam ser coordenadas para que a atividade do seu negócio alcance os resultados pretendidos.

A necessidade de uma cultura de inovação

Em todos os ambientes corporativos e áreas de negócio, e não apenas no Direito, a inovação faz cada vez mais sentido – muito mais do que apenas uma definição ou ideia, representa uma tendência e uma mudança de atitude e mentalidade cada vez mais presente na cultura das empresas, ou neste caso, no seu escritório. Para ser um advogado do futuro, para que a inovação aconteça de fato no seu dia a dia, mais do que a inovação é necessária um conjunto de valores e hábitos que sejam compartilhados transversalmente pelo grupo de pessoas que compõe a sua estrutura. Além das pessoas, é necessário incorporar também processos de trabalho, bem como ter presente uma filosofia negocial que reflita uma mensagem de futuro, de uma organização flexível e permeável às transformações do mercado.

Essa cultura ou posicionamento de inovação no seu escritório passa cada vez mais pelo uso de novas tecnologias. A transformação digital do Direito não é mais opcional. O futuro passa obrigatoriamente pela utilização de soluções e softwares jurídicos que impulsionam a performance dos escritórios de advocacia, que tornam a sua prática jurídica eficiente e rentável, criando assim tempo e as oportunidades necessárias para que você possa dedicar recursos e esforços de forma otimizada, impulsionando, em primeiro lugar, as suas prioridades. Uma atividade jurídica estratégica e tecnológica, baseada em inteligência, informação e conteúdo relevante permite elevar a sua rotina jurídica por meio de uma automatização de processos. O resultado? Uma gestão mais eficiente e uma visão global do seu negócio por meio de uma atuação preventiva, assertiva e inovadora. Mas todo este encadeamento de ações deve ser efetivado com ética e transparência, pedras basilares do Direito. Com compliance, ou seja, como conformidade, seguindo regras claras de atuação e critérios de transparência que regem a atividade jurídica.

A gestão de pessoas

Fundamental em todo o mercado, a Gestão de Pessoas é um desafio para qualquer negócio, onde a premissa é elevar o desempenho de uma equipe, sem ter que, necessariamente, aumentar os custos com a contratação de novos colaboradores.

Sendo uma vertente do RH, a Gestão de Pessoas trabalha o capital intelectual para impulsionar capacidades individuais, melhorando a administração diária com uma série de práticas que trabalham o envolvimento, a capacitação e a promoção do bem-estar, buscando um objetivo final que é similar em todas as empresas e também no seu escritório de advocacia: a entrega dos melhores resultados possíveis.

O funcionamento correto do seu negócio implica, por exemplo, uma baixa rotatividade de funcionários. Este ponto, tal como outros que veremos a seguir, também faze parte dos pressupostos de uma gestão de pessoas ideal. Entre outras vantagens, podemos mencionar a existências de mais técnicas, como a resolução de conflitos, foco nos interesses dos funcionários e um investimento permanente no capital humano, para assegurar que toda a sua equipe de colaboradores esteja produtiva e, principalmente, motivada.

 Um profissional sem motivação reduz o seu desempenho e está constantemente no sentido contrário do que as empresas buscam hoje em dia. Desta forma, é essencial compreender o comportamento dos funcionários, o que os leva a tomar determinadas atitudes.

Para tal, e como existem inúmeros fatores responsáveis pelas atitudes positivas ou negativas de cada indivíduo, com reações que podem ser coincidentes ou não, a melhor opção é criar ferramentas para identificar as melhorias que podem ser aplicadas no seu negócio, a fim de garantir, a médio e longo prazo, a predisposição necessária para um bom ambiente de trabalho, que tem um impacto direto na entrega de serviços e resultados de qualidade.

 Outro ponto importante diz respeito à dimensão dos escritórios de advocacia. Em pequenos escritórios, é ainda mais relevante a preocupação com as equipes que os compõem. Pequenos e médios negócios concorrem diretamente com a atuação de grandes empresas, ideias inovadoras do mercado e, claro, com a concorrência direta do setor. Neste sentido, deve haver uma atenção especial com a integração da equipe e novos colaboradores, bem como a preocupação de uma capacitação constante, o recurso a feedbacks recorrentes e diálogo – só assim se terá acesso às opiniões e nível de motivação do funcionário.

Ou seja, é essencial que você, enquanto proprietário de um escritório de advocacia, tenha o que é preciso para inspirar a sua equipe com eficiência - a percepção de que a gestão vai muito além da simples convivência diária e atribuição de funções. É necessário um direcionamento de ações e esforços estratégicos – só assim será possível, como está sendo feito com a utilização das novas tecnologias, redefinir a forma como a sua equipe vai trabalhar e fazer negócios, gerindo as suas capacidades em um ambiente jurídico cada vez mais complexo e tendo a motivação necessária para de forma simples, integrada e colaborativa, entregar as melhores respostas.

Indústria 4.0

Foi em 2011, na Feira de Hannover, na Alemanha, que se ouviu a primeira vez o conceito “Indústria 4.0”. Resumidamente, ela promove uma descentralização do controle de processos produtivos e o aumento de dispositivos inteligentes interconectados. O que isso significa? Significa que a automação de tarefas está chegando a todas as áreas e com a internet ajudando a proliferar isso, ficará cada vez mais comum o uso de Inteligência Artificial (IA) e softwares para advogados que automatizem processos no escritório de advocacia.

O big data também é um ponto-chave que ajuda a entender quão radicais são as transformações. É justamente esse volume massivo de dados estruturados que permite que a IA, em desenvolvimento desde o meio do século passado, esteja avançando a passos largos. Realizar análises massivas de dados, que permitam uma escala micro e uma escala macro é uma tarefa humanamente impossível. É por isso que a transformação digital não é mais opcional. A tecnologia de ponta não é um dopping dos escritórios de advocacia, mas a sua atual prática. Por isso, é importante estar adequado.

O essencial para ser indispensável

O contexto atual requer eficiência na gestão de recursos (humanos, financeiros e de tempo), performance na gestão jurídica, inovação nas práticas cotidianas e, claro, confiança nas respostas e práticas propostas. Esses pilares são essenciais para que os advogados sejam cada vez mais indispensáveis aos seus clientes nesses contextos de mudanças, construindo parcerias valiosas. O volume de informações e dados não permite mais que o profissional do Direito atrele sua performance a tarefas repetitivas e não-operacionais que, além de não remuneráveis, não agregam valor ao escritório e à carreira dos profissionais. Um software de gestão jurídica integrada permite a otimização do tempo, dos investimentos e da energia humana para que o profissional possa se tornar mais produtivo e consultivo. Já o conteúdo jurídico de excelência e sistemas de informação legal permitem que a curadoria, precisão e atualização das informações trabalhem a favor do profissional, que não precisa desacelerar em sua evolução.

Acompanhe a série de blog posts do mês do advogado da Thomson Reuters e assegure uma prática sem precedentes.

 

 

> PARA QUEM PRECISA DE INOVAÇÃO NA GESTÃO JURÍDICA > LEGAL ONE 

A Revolução digital no gerenciamento e inteligência estratégica para escritórios de advocacia e departamentos Jurídicos

> PARA QUEM PRECISA DE CONHECIMENTO ESTRATÉGICO > REVISTA DOS TRIBUNAIS 
O Selo Editorial Revista dos Tribunais reúne autores consagrados do meio Jurídico em obras aprofundadas para capacitar os profissionais do Direito, respaldando-os com respostas rápidas, precisas e confiáveis.

> SOBRE A THOMSON REUTERS  | LEGAL
Respaldamos os profissionais do Direito com respostas confiáveis para as suas decisões mais estratégicas, combinando inteligência, tecnologia e os melhores especialistas, oferecendo soluções digitais inovadoras para a gestão eficiente e gerando conteúdo relevante para as mais diversas áreas do mercado Jurídico.

 

Quer saber mais? Preencha o formulário para solicitar um contato

Por favor, preencha todos os campos obrigatórios.

Ao enviar este formulário, você reconhece que leu e concorda com a nossa

Política de privacidade