1. Homepage
  2. Soluções jurídicas
  3. Blog Jurídico
  4. A realidade dos escritórios de advocacia no pós-pandemia

July 15, 2020

A realidade dos escritórios de advocacia no pós-pandemia

Com o isolamento social causado pelo avanço da pandemia da COVID-19 pelo mundo, empresas e profissionais foram desafiados. A prioridade é se reinventar para manter o fluxo de atividades e entregas o mais próximo possível da normalidade.

Uma série de medidas alternativas foi adotada pelos escritórios de advocacia. A adesão ao home office e o investimento em tecnologia e segurança da informação são algumas delas. Além disso, o uso de software jurídico, com armazenamento em nuvem, e de plataformas de videoconferência, para realização de reuniões on-line, têm ajudado muito o advogado.

Em um cenário atípico como esse, com tantas limitações e novidades, é comum surgir a dúvida: como será a realidade do escritório de advocacia no pós-pandemia? É possível ganhar mais agilidade e escalabilidade, incorporando soluções usadas durante a pandemia? Como melhorar a gestão dos processos e das pessoas, usando as boas práticas adotadas no isolamento social?

Nesse artigo, vamos buscar responder essas perguntas para orientar o advogado na adaptação ao novo normal.

Continue lendo o artigo! 

1. A nova advocacia e o papel do advogado 

Depois de uma transformação como essa, algumas demandas ficam ainda mais evidentes. É preciso compreender, por exemplo, que o advogado precisa ser preparado, ainda na academia, para identificar possíveis nichos de mercado. 

Os setores de infraestrutura, biodireito, entretenimento, agronegócio e novas tecnologias têm uma série de especificidades e o advogado precisa conhecê-las.

Somente assim terá condições de escolher qual mercado irá atender. Ser generalista deixou de ser uma estratégia inteligente. 

Além disso, o advogado do futuro precisa ter um conhecimento profundo em gestão, conhecendo mais sobre estratégia, marketing jurídico, produção jurídica e controladoria, gestão de equipes e controle financeiro.

Algumas competências e softskills também são desejáveis para o profissional do direito. Confira: 

  • Negociação;

  • Empreendedorismo;

  • Liderança;

  • Solução rápida de problemas.

Juntos, todos esses elementos são essenciais para que o escritório de advocacia consiga se manter competitivo. Especialmente em um cenário impactado por diferentes variáveis e mudanças, colocar o cliente no centro dos negócios, buscando entendê-lo, apoiá-lo e orientá-lo é fundamental.

Agora é o momento de se fazer presente, colocando-se não apenas como advogado, mas, sim, como um parceiro do negócio dele. 

2. Escritório de advocacia sob medida

A gestão do escritório em meio a uma crise e também no pós-pandemia exige que o advogado avalie com cuidado a sua estratégia de atuação. 

É importante entender, por exemplo, se o escritório está apto a entregar o que o cliente busca. Aliás, será que ele sabe exatamente o que precisa? 

Esse é o momento de revisitar a estrutura e o modelo do escritório de advocacia, tomando como ponto de partida algumas questões centrais:

  • Como deve ser o fluxo de processos de trabalho para entregar os serviços com excelência?

  • Quanto custa produzir o trabalho jurídico?

  • Quanto o cliente está disposto a gastar?

  • Qual é a palavra-chave do sucesso do modelo de negócio do escritório?

Ter clareza sobre essas questões certamente irá ajudar o advogado a pensar em como conquistar agilidade nos processos, satisfação do cliente e escalabilidade para crescer. 

3. A realidade pós-pandemia e a tecnologia no escritório jurídico 

Dependendo do modelo do escritório de advocacia, mudar sua estrutura migrando para um home office permanente pode ser mais viável. Atualmente, é possível categorizar os escritórios de advocacia em quatro modelos:

  • Advocacia padronizada

  • Advocacia customizada

  • Advocacia especializada

  • Advocacia científica

No escritório que trabalha com advocacia padronizada estabelecer a jornada em home office pode ser mais simples. Isso porque os processos são feitos em escala e as soluções precisam ser rápidas para problemas comuns. 

Já quando um escritório trabalha com advocacia especializada, abordando problemas complexos, o relacionamento e a proximidade com o cliente são importantes. Por isso, ter um espaço para atendimento presencial é relevante. 

Mas não foi apenas a jornada de trabalho que mudou com a pandemia. A tecnologia, agora, está mais presente do que nunca nas relações de trabalho e na rotina do advogado. 

Durante o isolamento social, as plataformas de videoconferência, como Zoom, ganharam mais adeptos. Além disso, o número de webinars e lives também cresceu muito.  

Da mesma maneira, o sistema de gestão de legal interno também pode impulsionar o crescimento do negócio. Investir em um software jurídico, como o Legal One, é uma ótima maneira de organizar os processos, ganhar agilidade nas entregas e melhorar o relacionamento com o cliente.  

O sistema combina inteligência, informação e gerenciamento de dados fornecendo todos os recursos que o advogado precisa para tomar decisões mais assertivas e melhorar a gestão do escritório.

Quer saber como tornar sua atuação mais estratégica? Continue o acompanhando o blog. o Jurídico.

 

> PARA QUEM PRECISA DE INOVAÇÃO NA GESTÃO JURÍDICA | LEGAL ONE 
A Revolução digital no gerenciamento e inteligência estratégica para escritórios de advocacia e departamentos Jurídicos

> SAIBA TUDO SOBRE O TRABALHO EM NUVEM
Veja como escritórios mantém a produtividade, de qualquer lugar. Leia o ebook (https://www.thomsonreuters.com.br/pt/juridico/legal-one/biblioteca-de-conteudo-juridico/seguranca-e-eficiencia-com-legal-one.html

> SOBRE A THOMSON REUTERS  | LEGAL
Respaldamos os profissionais do Direito com respostas confiáveis para as suas decisões mais estratégicas, combinando inteligência, tecnologia e os melhores especialistas, oferecendo soluções digitais inovadoras para a gestão eficiente e gerando conteúdo relevante para as mais diversas áreas do mercado Jurídico.