Soluções na Prevenção ao Suborno e Corrupção

A police officer stands guard at the entrance to the Jinan Intermediate People's Court on the third day of the trial of ousted Chinese politician Bo Xilai in Jinan, Shandong province August 24, 2013.
REUTERS/Carlos Barria

Verificação de antecedentes e integridade são características fundamentais do ambiente de negócios globalizado nos dias de hoje. Com centenas de analistas de pesquisas com bases em todas as regiões globais, falando mais de 60 idiomas locais, nós oferecemos a mais ampla cobertura relacionada com crimes financeiros disponível no mercado.

Obtenha identificação detalhada de qualquer instituição ou indivíduo em todo o mundo e identifique riscos de relacionamentos comerciais para ajudar a proteger seu negócio.
 

Aderindo a legislação específica

O programa de conformidade de uma organização precisa aderir às leis de Conheça seu Cliente (KYC), Pessoas Politicamente Expostas (PEPs), Anti-Lavagem de Dinheiro (AML) e Contra o Financiamento do Terrorismo (CFT) para satisfazer as demandas dos reguladores.

No entanto, há uma legislação específica que abrange o suborno e corrupção, como o Foreign Corrupt Practices Act (FCPA), que precisa ser tido em conta na formação de um programa holístico para garantir que uma organização continua em conformidade. Nos últimos anos, as multas por violação da FCPA sozinho se depararam com bilhões de dólares.

Embora liderada pelos EUA, a legislação anticorrupção e anti-suborno tem sido adotada por muitos países que se tornaram signatários da Convenção Anti-Suborno da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). A Convenção Anti-Suborno da OCDE é o primeiro e único instrumento internacional anticorrupção focado no "lado da oferta" da transação de suborno. Outra legislação com muitas semelhanças com a FCPA é o UK Bribery Act.

No entanto, os programas de conformidade que se concentram inteiramente na legislação deixam as organizações expostas a riscos invisíveis que podem causar danos financeiros, legais e reputacionais.


Conheça sua exposição ao risco

Expansão de negócios, particularmente através de joint ventures, fusões, aquisições, distribuição e acordos de agência, pode expor uma organização ao risco regulatório. Operar em locais desconhecidos, onde práticas locais podem transgredir a legislação internacional ou onde a língua local e as diferenças culturais podem ser mal interpretadas, aumenta o risco.

As cadeias de suprimentos também podem aumentar a exposição a riscos como corrupção, roubo e fraude, bem como riscos de reputação como abusos de direitos humanos e negligência ambiental. Estes são riscos que podem impedir severamente ou destruir uma organização, mesmo com processos sofisticados e cuidadosamente mantidos.

Para mitigar esse risco e para proteger a reputação de sua organização, a implementação de um programa de conformidade estruturado e robusto, orientado pelas melhores práticas, é crucial.


Seu risco de corrupção

A avaliação do risco de corrupção inclui fatores externos como:

  • Exposição geográfica.
  • Interação com funcionários do governo.
  • Dependência de agentes.
  • Estrutura de pagamentos de qualquer agência.
  • Complexidade de supply chain globais.


Política de melhores práticas

A política de melhores práticas fornece estruturas internas, procedimentos e relatórios que ajudam a reduzir o risco e demonstrar conformidade efetiva, como:

  • Treinamento, habilidades e conhecimento dos funcionários.
  • Orientação sobre presentes, hospitalidade, despesas promocionais e contribuições políticas ou de caridade.
  • Controles financeiros sólidos.
  • Mensagem clara anti-suborno do executivo, que cascata para baixo a organização e para seus terceiros.
  • É importante ter uma estratégia de conformidade que seja abrangente, direta e claramente comunicada.

Solicite uma demonstração

Por favor, preencha todos os campos obrigatórios.

Ao enviar este formulário, você reconhece que leu e concorda com a nossa

Política de privacidade