ENTREVISTA: Sergio Moro fala da importância do setor privado no combate à corrupção

Juiz federal à frente dos casos na Operação Lava Jato comenta mudança de comportamento e a Lei Anticorrupção

Para o juiz federal Sergio Moro, os acordos firmados nos últimos anos com o setor privado não têm precedentes na história do direito brasileiro e reforçam a ideia de que a Lei Anticorrupção está cada vez mais saindo do papel para ser aplicada na prática. “O mundo empresarial tem que se preparar”, afirma.

À frente dos casos trazidos pela Operação Lava Jato, Moro diz que é difícil projetar até onde as empresas avançarão em mecanismos para proibir práticas ilícitas, mas ressalta que já é perceptível uma mudança de comportamento nos últimos anos. Para ilustrar, Moro traz o exemplo prático de uma grande instituição financeira que denunciou um funcionário do CARF por tentativa de extorsão. Ele ainda comentou sobre a aplicação da Lei Anticorrupção e as mudanças já perceptíveis no comportamento das empresas.

A entrevista foi concedida à Thomson Reuters, uma das maiores empresas no mundo em soluções para soluções de monitoramento de risco empresarial e o vídeo foi transmitido durante o Brasil RISK SUMMIT, evento que reuniu líderes e outras centenas de profissionais da área. Confira, abaixo, a entrevista de Sergio Moro para a Thomson Reuters: 

Com um dia inteiro de programações, o evento promovido pela Thomson Reuters ainda contou com a presença de ministro do Tribunal de Contas da União, procuradores, representantes da área de compliance de grandes empresas brasileiras, juristas, especialistas nacionais e internacionais, e muitos outros.

Confira, abaixo, um resumo do que foi o evento: #TRRisksummit no linkedin  

 

Clique para conhecer como a Thomson Reuters pode ajudar sua empresa na área de Risco e Compliance: