Expondo as lacunas: Pesquisa de riscos expõe falhas de terceiros

A pressão para conquistar novos negócios está assumindo a prioridade sobre o cumprimento dos regulamentos?

Muitas organizações ainda estão expostas a riscos como o suborno e corrupção de seus fornecedores, distribuidores, agentes e outros terceiros. Para identificar as deficiências e desafios que as empresas enfrentam ao tentar gerenciar estes riscos, a Thomson Reuters realizou uma extensa pesquisa para destacar as principais questões.

A pesquisa constatou que apenas 62% das organizações estão realizando due diligences em seus terceiros. E, de maneira igualmente preocupante, 61% não têm ideia sobre até que ponto os terceiros estão terceirizando o seu trabalho.

Estas são apenas duas das principais conclusões da pesquisa com mais de 1.000 profissionais de compliance, compras e operações em nove países que destaca as lacunas de conhecimento e processos relacionadas ao risco de terceiros.

A pressão para conquistar novos negócios está assumindo a prioridade sobre o cumprimento dos regulamentos?

O impacto financeiro das organizações não cumprirem os regulamentos e sofrerem danos à sua reputação como resultado nunca foi tão grande. No entanto, 63% de todos os entrevistados da pesquisa descreveram a obtenção de novos negócios como uma prioridade e isso, consequentemente, pode violar regulamentos.

Embora medidas de fiscalização recentes, especificamente da FCPA, sugiram que os órgãos regulatórios estão levando a fiscalização a sério, as organizações têm uma percepção errada de que não são susceptíveis a serem processadas se forem pegas violando os regulamentos. 61% dos respondentes dos EUA e 56% do Reino Unido concordaram com este sentimento, mostrando uma grave desconexão entre percepção e realidade.

Ação retrospectiva

As organizações podem não estar relutantes em tomar medidas contra o risco de terceiros, mas sim precisam primeiramente entender o impacto. Nossos resultados mostraram que 92% dos entrevistados que sofreram ações de fiscalização contra a sua organização, aumentaram posteriormente o valor que sua organização gasta com compliance.

Quais são os benefícios de trabalhar com terceiros?

7 em cada 10 entrevistados afirmaram que os relacionamentos com terceiros permitiram que a sua empresa fosse mais flexível e competitiva. Realizar uma due diligence minuciosa de terceiros não somente atende o requisito regulatório, como também ajuda a mitigar os danos à reputação, o risco financeiro e a segurança dos dados, permitindo que as organizações atuem de forma mais eficiente e impulsionando o crescimento dos negócios.

Os maiores desafios

Para continuar colhendo os benefícios dos relacionamentos com fornecedores e outros terceiros e mitigar os riscos, os entrevistados da pesquisa citaram os seguintes desafios que estão enfrentando e para os quais buscam apoio:

  1. Falta de dados disponíveis – 41%
  2. Restrições de recursos, incluindo orçamento e tempo – 38%
  3. Conhecimento limitado do risco – 32%
  4. Falta de priorização do apoio no nível do Conselho – 29%

Estes desafios, e as falhas descritas acima, destacam como informações e treinamento precisos são necessários para realizar a due diligence ao trabalhar com terceiros.

O relatório completo de Pesquisa de Riscos de Terceiros pode ser baixado aqui.

Autor
Shaun Sibley