Cloud Computing – Quatro modelos de implantação para serviços na nuvem

Conheça os modelos de implantação de serviços na nuvem e saiba escolher o que mais se adequa às suas necessidades.

Após falarmos sobre a definição e apresentarmos os modelos de serviços em nuvem, chegamos ao fim da nossa série de artigos sobre “O que é Cloud Computing?”. Confira abaixo os quatro modelos de implantação de ferramentas de cloud e qual a conclusão sobre o uso desta ferramenta que marca uma nova forma de armazenagem de arquivos, documentos e plataformas.

Quatro modelos de implantação

Os modelos de implantação que compõem um modelo de nuvem são:

• Nuvem privada

• Nuvem da comunidade

• Nuvem Pública

• Nuvem Híbrida

Nuvem privada

A nuvem é gerenciada por uma organização para uso exclusivo, no entanto, a evidência casual indica que isso não é viável para muitas organizações devido aos recursos necessários para gerenciar e manter uma infraestrutura de nuvem privada, que não esteja alinhada com os objetivos globais de negócios da organização.

Nuvem da comunidade

A nuvem é gerenciada em nome de um grupo de organizações que têm interesse comum e é para seu uso exclusivo, e permite que essas organizações compartilhem seus recursos no gerenciamento da nuvem e compartilhamento de custos. A principal consideração aqui é o aprovisionador e gerenciador de nuvem (seja uma ou mais das organizações, joint venture das organizações, terceiros ou combinações destes) tem a experiência e a capacidade de fornecer e gerenciar a nuvem.

Nuvem pública

A nuvem está disponível para o público em geral (organizações e indivíduos) e é gerenciada e operada por uma organização (empresarial, acadêmica ou governamental). A nuvem existe nas instalações do fornecedor da nuvem. Isso está se tornando o modo preferido por muitos usuários, uma vez que gerenciar e operar uma nuvem requer recursos maciços, e o modelo de negócios mais eficiente é um operador de nuvem onde o fornecimento de serviços na nuvem é o núcleo de seus objetivos gerais de negócios. O Amazon Web Services é o primeiro exemplo disso e é o mais maduro, mas o Azure da Microsoft está se recuperando rapidamente e é uma opção atraente para os desenvolvedores da eco-esfera de desenvolvimento da Microsoft. O Google também está investindo pesadamente no fornecimento de serviços na nuvem e continua a ser visto se a AWS pode manter sua liderança na Microsoft e no Google.

Nuvem híbrida

Esta é uma combinação de duas ou mais infraestrutura de nuvem distintas, seja os modelos iguais ou diferentes dos descritos acima. Muitas organizações usaram modelos híbridos com sucesso variável.

Benefícios potenciais

Da discussão acima; o fornecimento de serviços de TI envolve custos significativos e despesas gerais juntamente com custos irrecuperáveis. Em revisão, estes incluem:

• Os recursos computacionais não são totalmente utilizados ou permanecem ociosos. Isso pode ser mitigado em parte pela virtualização, mas muitas vezes é necessário provisionar recursos para períodos de pico que permanecem inativos durante a maior parte do ano;

• Custos administrativos associados à aquisição e configuração de hardware, software e redes;

• O tempo leva a configurar a infraestrutura de TI, desde a necessidade ao tempo que está disponível, o que dificulta a capacidade de uma organização se tornar enxuta.

Outra consideração são as organizações que adotam metodologias ágeis onde é preciso ter uma arquitetura inicial no hardware de escopo necessário para:

• Desenvolvimento;

• Testes; Negócios e QA;

• Produção.

Em geral, a provisão e manutenção de recursos de TI resulta em alocação de capital que não está contribuindo diretamente para os objetivos globais do negócio. Diferentes modelos de nuvem discutidos acima oferecem diferentes graus de benefícios, onde empresas (e indivíduos) podem:

• Pagar apenas pelos recursos de computação que eles usam em qualquer momento, e não paguar por recursos de informática ociosa, fazendo suas operações mais eficientes;

• O grande fornecedor de nuvem pública pode gerar economia de escala com despesas gerais administrativas, tornando-as mínimas para as organizações;

• A flexibilidade dos serviços em nuvem pode reduzir ou eliminar significativamente os tempos de espera, eliminando um enorme peso para as empresas.

A nuvem pública é uma boa solução para o desenvolvimento ágil, uma vez que permite uma alocação econômica e oportuna de recursos de computação, realizando uma entrega contínua aos seus clientes e fazendo com que os comentários dos mesmos sejam quase instantâneos, eliminando significativamente o desperdício do processo de desenvolvimento de software.

Oportunidades

Os vendedores de nuvem pública, especialmente a AWS, amadureceram rapidamente nos últimos dez anos, e agora são confiáveis e reconhecidos por organizações bem conhecidas, incluindo departamentos governamentais e bancos - especialmente na área de segurança. Os projetos de desenvolvimento de software têm a oportunidade de crescer rapidamente e entregar serviços aos seus clientes seguindo práticas ágeis e consistentes de entrega. As organizações que não adotam a Cloud Computing enfrentam grandes custos de oportunidade.

Conclusão

A computação em nuvem já foi considerada por:

• Problemas históricos na prestação de serviços de TI;

• Definições e modelos fornecidos pelo NIST descrito acima.

 Houve uma discussão sobre a descrição feita pelo NIST com ênfase nos benefícios para as organizações na adoção de um ou mais dos modelos de nuvem descritos acima. A partir da consideração dos benefícios, foi demonstrado que as organizações podem liberar o capital e tornar suas operações mais enxutas, adotando a nuvem pública como uma solução para suas necessidades de TI. Portanto, é imperativo que a maioria, se não todas as organizações, se envolverem em uma discussão informada sobre a mudança para a Cloud Computing e para indivíduos se educarem sobre a mesma.

Sobre o autor

Peter Trotter, Engenheiro Principal de Software na Thomson Reuters, formado pela University of New South Wales.

 

Saiba mais sobre as nossas soluções armazenadas em nuvem:

Sua empresa está preparada para atender às obrigações do REINF? Conheça o módulo MASTERSAF EFD-Reinf

Sua empresa tem dificuldade na previsão de custo para importação e exportação? Saiba mais sobre como o ONESOURCE Global Trade para PME pode te auxiliar.